Home > Do It Yourself > Sexy Egg!!

Para iniciar as postagens do DIY, pensei em publicar um ‘Do It Yourself’ que rende bom $$ para Taissa Scvirer, designer que empreendeu e ganhou muitos dinheiros com isso!! Mas, o que ela fez? Primeiro veio o ‘Customizô‘ que é uma marca de venda e customização de adereços para alegrar e colorir a sua festa!! Depois, veio o ‘Sexy Egg‘, um Kit erótico com surpresas para presentear seu amor e curtir a dois ♥, que foi lançado na Páscoa deste ano… mas, para a felicidade dos cariocas (É gente!! Por enquanto, só no Rio!!) novidades estão surgindo para o dia dos Namorados!!

Serão lançados novos ovos de chocolate recheados com itens para serem usados a dois (Confira mais na página do Facebook!)

Para falar sobre  este empreendimento, nada melhor que a própria Taissa Scvirer para explicar pra gente como surgiram estas ideias e nos dar um empurrãozinho para quem quer empreender!!

Entrevista Taissa Scvirer

[BST]: Como surgiu a ideia de fazer o “Sexy Eggs”? Sofreu preconceito de amigos, ou foi pura diversão?

[TS]: A ideia veio da minha mãe, que um pouco antes da páscoa pensou que seria legal ter um ovo para adultos. Eu adorei a ideia e juntas criamos o Sexy Egg. No começo fiquei com um pouco de vergonha de entrar no “mercado erótico” mas logo depois fui vendo que é algo normal. A maioria das pessoas com quem falei gostou muito da proposta, acharam algo inovador.

ovo-de-pascoa

 

[BST]: Antes, você tinha o ‘Customizô’, com a venda de adereços para o Carnaval no Rio. Esse projeto é temporal? E foi a partir dele que veio a ideia do ‘SexyEggs’?

[SC]: O Customizô surgiu como um trabalho de faculdade meu e de mais quatro amigas (Faço Design de Produto, na PUC-RJ). Gostamos tanto da ideia que colocamos o projeto em prática no Carnaval 2015, como um primeiro teste. Com o sucesso, o Customizô agora está sendo adaptado para outros eventos também, como venda de adereços e/ou customização em festas.

Customizô no Carnaval do Rio. (Taissa Scvirer a direita). Reprodução: Facebook

‘Customizô’ no Carnaval do Rio. (Taissa Scvirer a direita). Reprodução: Facebook

[BST]: As duas ideias são bem empreendedoras, você acredita que a Faculdade de Design que estudas possibilitou essas criações, ou para empreender no país é preciso ter ‘criatividade no sangue’?

[SC]: Acredito que o curso de Design da PUC-RJ possibilitou grande parte dessas criações, uma vez que incentivam atitudes empreendedoras e treinam nosso olhar para projetos. O Customizô, por exemplo, surgiu em uma aula da faculdade. Aprendemos a construir uma ideia desde a pesquisa de campo para entender a oportunidade até chegar no custo final. Mas não é só aplicar a fórmula, criatividade faz toda a diferença. Além disso, é colocar o projeto em prática.

Entrevista de Taissa no Jornal O Globo, no início de Maio 2015.

Entrevista de Taissa no Jornal O Globo, no início de Maio 2015. Fonte: Facebook Sexy Egg.

[BST]: Em tempos de crise no país, essa seria uma possibilidade de ganhar grana extra?

[SC]: Para ser muito sincera, até agora não lucramos com o Sexy Egg. A ideia inicial foi produzir uma quantidade pequena de ovos durante a páscoa. Colocar um preço justo e baixo e ver como seria a aceitação do produto. Era uma brincadeira. No final, vendemos mais do dobro do que havíamos planejado. Acredito sim que podemos ganhar dinheiro. É um produto diferente, mas para isso é preciso ter um bom planejamento.

Em nosso caso, durante a primeira edição do Sexy Egg tudo foi muito corrido. Esse planejamento ficou para trás. Aprendemos muito nesse primeiro momento. Fizemos a primeira compra dos produtos em grande quantidade sem testá-los. E o que aconteceu? Quando testamos vimos que não funcionavam! Resultado: tivemos que comprar novos produtos em outra sexy shop. Não íamos vender produtos que não funcionavam. E ficamos com o prejuízo da primeira compra. Foi um aprendizado!

[BST]: Se possível, deixe sugestões/dicas para os leitores do blog que pensam em empreender, mas ainda estão receosos em inovar.

[SC]: Se você acredita em sua ideia, siga em frente! Estruture bem o projeto: veja quem é o público, pesquise o que tem de similar, e planeje bem os gastos. Acho que é interessante começar devagar, pensando sempre em todos os cenários. E você vai errar. E aprender. Errar, e aprender. E… Acertar! Dessa forma, se o que você estiver trabalhando te faça feliz você só tem a ganhar. Boa sorte!

———————————————————————————————————————————————————-

Taissa, eu e as leitoras agradecemos a sua entrevista, e suas palavras de incentivo! Boa sorte para você também, e esperamos que seja sucesso de vendas neste Dia dos Namorados.

Pra você leitora, será que não está na hora de empreender? Ou caso tenha alguma ideia que tal aproveitar o Dia dos Namorados, que está chegando, para ganhar um dinheirinho extra? Ou se estiver com a grana curta, de colocar a mão na massa e incrementar no presente?!

Tenha uma ideia inovadora feita por você? Conta pra gente!! Xeroo!!

You may also like
Presentes para o Dia das Mães – SloppyAir
Presentes de O Boticário para o Dia dos Pais
Buca Trattoria + Encontro com Amigas
Bazar Lovers – Recife

Leave a Reply