Home > Decoração > Quadros do Mosca de Padaria

Quando eu estava iniciando as buscas para decorar o apartamento, não tive dúvidas de que precisaria de Quadros. Mas, quais quadros?! Como ainda não me mudei para um canto em definitivo, busquei referências e quadros que com certeza eu levaria para qualquer lugar que fosse morar. Não é porque é meu primo não, mas, recomendo (de olhos fechados), os quadros que possuem ilustrações do ‘Coletivo Mosca de Padaria’. O qual apresenta influências em diversos estilos, e traços. Para que eu não fale bobagem, nada melhor que um dos próprios artistas, Renato Catita, para falar sobre o grupo e suas obras. Então, vamos lá…

Coletivo Mosca de Padaria

moscadepadaria“O artista tem que ser inquieto, e um dos preços da arte é a Inquietação. Ela não permite às suas ferramentas, os artistas, um sentimento menor do que o da criação e do experimento. Existem os que acreditam iludi-la e, mesmo com sucesso e reconhecimento, seguem estagnados. Mas, também há aqueles cuja cartilha os guia exatamente pelo contrário, não se permitem ser inertes e seguem buscando, se expandindo e por conta desse exercício. Seus universos se tornam cada vez mais cheios de possibilidades, igual uma ‘Mosca de Padaria’, que voa de sabor em sabor provando das mais diversas iguarias e se demorando mais nas que lhe agradam. Múltiplas inspirações e referências onde, tal qual o inseto, se aproveita da vastidão de oferta de informação dos dias de hoje e, incorporam em seus trabalhos conceitos de referência explícita; sentimentos pessoais permeiam com equilíbrio o que aqui se vê e pela disposição de seus componentes. O futuro nos mostrará quão felizardo é o público apreciador por poder acompanhar os caminhos trilhados por eles, onde a xilogravura se confunde com sci-fi, brasilidades se misturam a psicodelia da Califórnia dos anos 1960 e, o colorido pode ser preto e branco.

Tudo isso não vem de caso pensado, é apenas Renato Catita, Sérgio Cardoso e Perron Ramos colocando em prática, as ações para que nasceram. Sem medo de errar e, sabendo que se isso acontecer, tirarão proveito do acontecido e o transformarão em algo decididamente interessante, porque um dos preços da arte é a Inquietação.

Com essas palavras e com as diversas obras preparadas por eles, informo também que o coletivo está preparando canecas com suas ilustrações. E garrafas únicas, com uma arte perfeita para decorar o ambiente. Mais informações você encontra na Página do Facebook deles. Mas… voltando aos quadros… Como podemos melhor usá-los??

Como decorar com Quadros?

Independente do estilo, os diferentes modos de uso vão possibilitar que o ambiente fique com ar mais moderno e harmonioso se você souber combinar os mesmo com o restante dos itens que comporão o lugar. Ou seja, é preciso que você harmonize o ambiente com o sofá, vasos, cor da parede, estante, dentre outros… Para não poluir demais o ambiente, segue algumas dicas:

Apoiado em prateleiras. Pode-se dizer que esta versão é bem moderna e possibilita que você inove os quadros sem ter que ficar furando a parede toda vez que quiser inovar e sem precisar configurar os tamanhos de acordo com a parede.

quadros em prateleiras

Modelo de disposição dos quadros em prateleiras (Wholesale – Art $ Framing); Mosca de Padaria; Bassmn).

Simétricos ou em harmonia. Caso não tenha muita habilidade em combinar as peças, você pode utilizar quadros com moldura simples, e que sejam parecidas. Isto deixa a parede de forma harmonizada e o ambiente que vai demonstrar a sua identidade.

quadros em harmonia

Modelo de disposição dos quadros de forma simétrica ou em harmonia (Wholesale – Art $ Framing); Tend; Mosca de Padaria).

Molduras em Formatos variados. Este tipo de organização também possibilita um ar moderno para o seu ambiente, mas de uma forma mais descontínua. Podendo combinar diferentes estilos, cores e formatos. Isto vai depender do que você queira dispor neste espaço. As ideias abaixo são bem bacanas.

quadros molduras diferentes

Modelo de quadros com diferentes molduras (Scrapnframes; Pinkprogressives; Pinterest).

Dicas

* Não esqueça que a combinação das peças também deverá ser relacionada com os outros itens do ambiente (almofadas, jarros, porta-retratos, dentre outros).

** Segundo alguns arquitetos (Lê e Rafael, me corrijam se eu estiver errada 😀 ), a altura ideal para a disposição dos quadros é melhor em paredes lisas, sem texturas. Ficando melhores em uma altura de 1,60 m do centro do quadro ao piso (para paredes com um único quadro). Em quadros que ficam em cima do sofá (deixar um espaço de 30 a 40 cm da altura do encosto), e em cima da cama, posicionar 20 cm acima da cabeceira. Mas pra quem não tem cabeceira, o ideal é deixar um espaço de 60 cm do colchão até o quadro (Informes baseados também na publicação do Comprandomeuapê).

Onde encontrar

Para encontrar os quadros do Mosca de Padaria é só acessar estes espaços e visitar a loja!

You may also like
4ª Edição do Espaço Bora – Terraço do Paço Alfândega
Presentes de Natal até R$ 50 que cabe no bolso!
Espaço BORA! ganha terceira edição no Paço Alfândega
Evento de design ‘BORA!’ ganha segunda edição no Paço Alfândega