Home > Cultura > 5 dicas para economizar dinheiro

5 dicas para economizar dinheiro

Oie meninas! Segundo semestre de 2016 está passando muito rápido, estou com muito trabalho e peço desculpas por não manter o blog tão ativo quanto gostaria! São tantos novos desafios no meio acadêmico que teria que ter 30 horas no meu dia para dar conta de tudo. Graças a Deus que tenho trabalho e saúde para dar conta, não é mesmo? Então, nada de reclamação e mãos a obra para fazer as atividades que me são atribuídas. Isto vale para você também! 😉

A publicação de hoje é para você que quer economizar, juntar uma graninha, está no vermelho e quer se organizar nas finanças. Sei por experiência própria que juntar dinheiro pode não parecer fácil, mas garanto que é possível.

Anote todos os seus gastos

No início do ano fiz uma publicação sobre o KAKEBO, que é uma agenda pessoal de finanças, no qual você anota todos os seus gaastos (todos os dias) e você consegue ter uma noção real para onde vai todo o seu dinheirinho. Confessor que ele funciona mesmo, você se torna mais consciente dos seus gastos. Contudo, se você não mantiver a regra de anotar tudo, pode se ‘perder’ nos registros e se descontrolar. Foi o que aconteceu comigo, por ter me mudado e deixá-lo dentro de caixa de mudança por um tempo, acabei ‘perdendo’ a rotina nos registros (apesar de guardar todos as notas e comprovantes de compras). Mas, isto é um exercício diário. Mesmo que você não tenha esta agenda, anote em um bloquinho, num caderninho, onde for… Esse exercício poderá lhe ajudar a economizar, a partir da reflexão do quanto você gasta e com que você gasta.

O que eu conclui no mês de janeiro: Gastos em dinheiro no início do mês e mais uso do cartão no final do mês (sem fazer contas de quanto vem na fatura no próximo mês...)

O que eu conclui no mês de janeiro: Gastos em dinheiro no início do mês e mais uso do cartão no final do mês (sem fazer contas de quanto vem na fatura no próximo mês…)

Faça metas que você possa cumprir

Esse tipo de meta é igual a promessa de final de ano. A gente promete, vira o ano e no primeiro mês já sabe que não vai conseguir cumprir. Em relação as finanças, não dá pra ser diferente… A gente só pode prometer aquilo que (de repente) conseguiremos realmente cumprir. No momento, minhas metas são de não comprar nada que não precise/necessite. Nada de roupas [até realizar minha consulta com Corina Simões], nada de makes e cosméticos [até acabar os que tenho em uso e estoque]; nada de calçados [tenho pra dar e vender]. E eu não compro nada? Compro: alimentos, almoço e janto com amigos [e devo diminuir isto, exatamente para economizar].

Diminua o uso de cartões de crédito

Livre-se do cartão de crédito  Sou totalmente contra esse livramento, mas já tirei o meu da carteira porque preciso economizar ao extremo! 2017 vem com muitos congressos, preciso terminar de mobiliar meu apê… ou seja, preciso de dindin! Preciso economizar. Trace metas para economizar dinheiro e coloque um post-it no cartão de crédito lhe lembrando disto. Minha amiga Letícia diz que toda vez que pensa em comprar algo, lembra que ela quer viajar, logo… ela evita os gastos desnecessários. Como a gente tem a ilusão de que está com dinheiro, quando usa o cartão de crédito, é melhor não pensar em gastar, ok? Organize melhor suas economias e verás que é possível diminuir os gastos com coisas que você efetivamente não precisa comprar. Tenho como mantra que: eu não preciso de tudo que aparece como ‘moda’, aquela jaqueta, sapato que você sabe que vai usar apenas algumas vezes… tsc tsc melhor não comprar né?

Meu cofrinho! Comprei ele na época do casório em uma loja de Recife que infelizmente fechou. Fiz essa arte com a frase "Operação Lua de Mel", mas usamos a mesma até hoje. Em média, conseguimos juntar R$ 500 e a mesma é sempre aberta no meio do ano. Colocamos moedas de R$ 0,50 e R$ 1,00.

Meu cofrinho! Comprei ele na época do casório em uma loja de Recife que infelizmente fechou. Fiz essa arte com a frase “Operação Lua de Mel”, mas usamos a mesma até hoje. Em média, conseguimos juntar R$ 500 e a mesma é sempre aberta no meio do ano. Colocamos moedas de R$ 0,50 e R$ 1,00.

Use o cofrinho

Isso mesmo! Voltemos a nossa fase de criança e guardemos nossas moedinhas [caso você gaste as mesmas com coisas desnecessárias como balinhas, chicletes… seus dentes também agradecerão]. A partir do momento que você juntá-las em um cofrinho, ou latinha, ou porta-moedas… verás que é possível economizar com as pratinhas. Muita gente já disse que é ruim para o comércio, etc… Junte por dois, três meses e depois coloque o dinheiro na poupança! Ou tente juntar 1 real por dia, em um mês são [em média] R$ 30 [Que hoje em dia não é ‘nada’ – mas, é muito pra quem não tem nada]. Ao final de um ano, você terá pouco mais de R$ 360 reais. Já pensou em juntar R$ 50 por mês?! E na poupança? O segredo é colocar estes dinheirinhos como ‘despesa fixa’ no orçamento e esquecer dele, exatamente para juntar [e fazer algo útil com este dinheiro]. Eu poderia escolher vários cofrinhos bonitinhos que estão disponíveis no mercado para ilustrar este ponto, mas pensando que o post é sobre economias, coloque a mão na massa e faça seu próprio cofrinho!! 😉 Abaixo, algumas inspirações para vocês!

pig-bank

Fonte: Google Imagens

Faça dinheiro

Como dinheiro não nasce em árvores e em tempos de crise, sempre digo para os mais próximos são nestes momentos que os empreendedores veem oportunidades de ‘fazer dinheiro’. Não existe fórmula, mas penso assim… Se você economiza as moedinhas para não comprar doce, há quem compre. Logo, que tal fazer brigadeiros e vender na faculdade? Na época da graduação, eu fazia bijoux, dei aulas particulares e consegui pagar passagem de avião para um congresso em Florianópolis com o dindin que vinha destas aulas. Se você é professora de Química, Física, Matemática final de ano é uma ótima oportunidade de ganhar dindin com aulas particulares [Falo com propriedade srssr]. Adora acumular coisas? Já pensou em fazer um bazar? [Dá trabalho, eu sei]… Que tal colocar os itens na lojinha do Enjoei? Fiz uma e definitivamente não me arrependo. No começo achava chato ficar tirando foto, mas depois que você vê os produtos que você não usa mais e os novos que nunca usou, indo para um novo lar, isso é ótimo! Sem falar na renovação das energias!! Veja meu post sobre a técnica desenvolvida pela Marie Kondo, D-E-S-A-P-E-G-A e ganhe um dinheirinho extra! Clique no link e descubra mais sobre isto! 😉 Tem outras ideias de fazer dindin? Coloca nos comentários e ajude outras pessoas! Bju!

You may also like
10 motivos para você ter uma lojinha no Enjoei
O que aprendi com o livro ‘A Mágica da Arrumação’ de Marie Kondo
Kakebo: o livro para organizar suas finanças!
She Talks no Enjoei